A barulhenta narrativa de Yeezus

Kanye West é genial. Isso todos nós sabemos. Ele já provou em diversas ocasiões a sua genialidade. Além de gênio, é dotado de uma arrogância estúpida que, se não se tratasse de outra pessoa, eu não aguentaria. Hoje até acho engraçado os seus chiliques you ain’t got the answers, Sway e suas opiniões contundentes. Acima de qualquer coisa, este artista tem valores, ideias as quais se apega e que o fizeram ser quem ele é.

Em 2007 eu conheci o rapper de Chicago. Época do lançamento do comercial – porém não menos genial – Graduation. Posso me orgulhar em dizer que tenho sua discografia completa. Comercial digo, pois se trata de um disco que foi altamente reproduzido em larga escala. Na MTV só se passava o clipe de Flashing Lights ou Good Life. O cd é uma penca de boa músicas.

Após a sua aparição no palco quando Taylor Swift recebia o prêmio do VMA, a mídia caiu em cima dele. Até mesmo eu o achei um completo idiota no episódio. Hoje vejo com outros olhos, e ainda bem que ele teve a coragem de tirar o microfone de mais uma cantora sem sal e qualquer talento criada pela indústria musical. Anteriormente sua mãe falecera, ele parecia sem rumo e mesmo com pouco brilho ainda fizera uma performance tocante de Hey Mama. Eu mesmo que ainda tenho mãe fiquei com um nó no coração.

Acima de tudo, Kanye West é um ser humano. Ele também sente e eu fico extremamente tocado quando ele fala em uma rádio, mesmo que pareça um pastor pregando suas ideias. Ye é genial em sua totalidade. Ele atingiu um patamar que poucos conseguiram neste planeta. Não se trata de somente mais um rapper que também produz mas sim, um artista completo que também se arrisca quando o assunto é moda e vê a música como um visionário.

Quando saiu o 808’s & Heartbreak’s muito se foi dito e o disco erroneamente foi criticado precipitadamente. Poucos conseguem entender o quão inteligente este projeto foi. 808’s é um álbum atemporal. Fala de tristeza sem ser triste, fala-se de vida sem o deslumbramento de um rapper qualquer, tem uma produção impecável, participações meticulosamente bem colocadas na narrativa e acima de tudo é de cortar o coração. 808’s & Heartbreak’s é admirável tanto quanto melancólico.

My Beautiful Dark Twisted Fantasy foi outro extraordinário projeto de Kanye. Sucesso comercial e de crítica. Há quem o coloque como o seu melhor álbum. Foi lançada uma mixtape antes do disco e muito pouco se é dito sobre esta que merece uma atenção maior. Cruel Summer deixou a desejar sim, e existem inúmeros motivos para se pensar isto. Antes ainda houve a junção com Jay-Z em Watch The Throne e acredito que esta dispensa comentários.

Veio então o barulhento e confuso Yeezus. Primeiramente houve quem refutasse o álbum e o criticasse arduamente. Me coloco entre estes, afinal, eu não soube como recebe-lo. Agora posso ver claramente como este Yeezus é incrível. Incrivelmente barulhento também. Lou Reed salientou isto e também rechaçou o quão brilhante o cd é.

Yeezus deve ser apreciado aos poucos, com muita atenção. Deve ser degustado em pequenas porções para sentir seu sabor. Quem mais consegue colocar Justin Vernon e Chief Keef em uma mesma música e ainda fazê-la coesa? A barulhenta I’m In It que me deixa embasbacado ou então a emoção que sinto ao tocar Blood On The Leaves. New Slaves, Black Skinhead ou Guilt Trip. Bound 2 e seu belo sample. Quem mais é capaz de fazer um disco tão intrigante se não Kanye West? A resposta, acredito eu, não precisa ser colocada aqui.

*Escrevo também no meu blog. Confere aí: http://continuumspace.blogspot.com.br/

12 Respostas para “A barulhenta narrativa de Yeezus

  1. Yeezus tá longe de fraco/ruim é um bom álbum que eu não gosto por fugir demais do que eu gosto no Hip-Hop não tem aquelas beats convencionais ele vai pra outro lado que eu não gosto, parece um disco do Daft Punk, opa… todo vez que eu ouço-o sinto que falta alguma coisa, além do mais ele curto, mas liricamente é muito solido. vai ganhar o Grammy, certeza,

  2. Otimo texto, mas desculpe discordar yeezus eh muito ruim,aquilo n eh um disco de rap, como fã de rap n da pra mim gostar desse album dou nota 0, o ultimo album do kanye q eu gostei foi graduation,esse cd eh foda. Eu n sou fã do kanye mas ele eh um grande rapper e um melhor produtor q rapper, mas n acho ele um genio e n gosto das opinioes dele, acho ele um idiota e sem humildade nenhuma, qm n viu a entrevista dele pro sway vejam, esse kanye eh um fdp,sempre gosta de humilhar os outros e se acha o melhor e o genio, mas n eh ,ele eh talentoso mas ta longe de ser o q ele acha q ele eh.

    • Nossas opiniões contrastam então. Não digo que Yeezus é um cd de rap. Está acima de tudo, mas Kanye nitidamente rima no álbum. Há elementos eletrônicos e também o metal.
      Gosto dele e aprendi a achar graça da forma com que ele executa suas opiniões. Contra o Sway ele exagerou mesmo, porém continuo achando ele brilhante.

  3. Grande Texto, Parabens. Conheci o Kanye west em 2005 quando lançou “Late Registration”. na altura passava na MTV “Touch the Sky” (featuring Lupe Fiasco). Fiquei fã dele no momento. Dos muitos rappers na altura era o que mais tinha a ver comigo porque não tinha aquela pose gangster, axo que sempre foi real na carreira. Nessa altura só ouvia rap, quando lançou “808s & Heartbreak” não consegui engolir aquilo só passado 2 ou 3 anos é que (devido a idade também) passei a estar mais aberto a outros estilos e vi que esse álbum é fenomenal. Acho que ele é que me incentivou a gostar mais de outros estilos e a ter a mente mais aberta. “My Beautiful Dark Twisted Fantasy” acho que é o melhor dele, é grandioso esse álbum, ele teve razão ter reclamado o “grammy” do ano na altura. Depois de Ganhar respeito no rap ele vem ganhando respeito como artista no mundo da música. Os críticos entendidos da música elogiam muito ele. basta ver as críticas do Yezzus, apesar de ter 10 faixas acho que as pessoas só vão perceber o tamanho desse álbum daqui a uns anos. Quanto as entrevistas dele, acho que é dos poucos artistas que têm não têm medo de falar. Com o Kanye é assim, meio mundo o acha um génio e a outra metade um idiota. Chamem de tudo mais falso ele não é.

    • Poxa, traduziu alguns pensamentos meus. Bem legal saber que tem gente que compartilha da mesma ideia. Aliás, pra mim, falta atualmente uma parceria com o Lupe. Eles quando se juntam fazem produções bem interessantes.

  4. Yeezus é um álbum de hip-hop! o hip-hop é a vertente da música que não tem limites, não existe forma de limitar o que se chama hip-hop, no entanto as pessoas que se julgam ouvintes e fãs de hip-hop continuam a colocar barreiras nessa arte… O Mr. West é dos únicos que consegue impor uma escala doutra dimensão ao hip-hop, juntando novas tendências, misturas, estilos e métricas (para não falar da sua estética que mais ninguém tem) agora contar isto para um hater do Kanye fica dificil, o mundo só sabe dizer que ele é arrogante e falta humildade…. caras, o mundo tá cheio de falsos moralistas, o kanye faz aquilo que todo o mundo devia fazer, dar valor a si mesmo, ele tem ego alto porque ele tem ego alto, ele é bom no que faz e simplesmente assume isso… as pessoas que não concordam criticam porque estão achando o Mr. West arrogante e humilde. Eu era tapado como maior parte das pessoas, até parar e ouvir o seu trabalho e no final ficar maravilhado pelas suas obras primas. Ele faz qualquer pessoa ter vontade de trabalhar e de evoluir, ele impõe tendências, modas, gera ondas de energia… Façam como eu parem para ouvir o cara sem por a ideia que hip-hop é 2pac e boom bap… hip-hop é versátil e não À melhor ser que o Mr. West para vocÊs verem como o Hip-hop dá para fazer 1001 coisas…. Não sejam cegos, só tenho pena que muita gente irá morrer sem perceber quanto esse boy é bom.

    Abraço, melhor critica ao Yeezus que já li.

  5. Hip hop é uma cultura, o Rap faz parte dela.
    Não tenho a discografia do Kanye porque eu preferi por não comprar álbuns tipo 808 e Yeezus,o resto eu tenho todos!
    Sou fãn dele, muito por sinal,Tenho saudades do Kanye dos tempos de College Dropout e graduation, autêntico Rap, versos e beats como em two words e big brother.
    Ele é fodão e criativo, mas essa fissura por inovação ta fazendo ele fugir um pouco do Rap.
    No mais, espero que um dia ele volte a fazer canções que me inspiram muito como Through the Wire, difícil pois antigamente em tempos difíceis ele agradecia a Deus, hoje ele se julga Yeezus West.

  6. Fecho com opinião do Mário,sem dúvido Mr. West é o maior artista da música,porque leva consigo toda a pluralidade cultural que a mesma traz(música,arquitetura,cinema,moda,fotografia,etc… ).Não tenho nenhuma idolatria incondicional,apenas admiração pelo trabalho e esforço de alguins (como dizia Ayrton Senna),sou 100% racional e mesmo assim posso dizer o Kanye que é meu Ídolo!ahh como se diz na giria do rap #nohomo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s