Dr. Dre pede desculpas por abusos no passado, Apple demonstra apoio

compra-beats-blog-juniordoiphone

Produtor do filme que mais faturou nos Estados Unidos na última semana, Dr. Dre teve uma semana de altos e baixos. O maior contra para o rapper foi o artigo escrito por Dee Barnes sobre o filme, em que ela detalha o dia em que foi espancada pelo produtor no início da década de noventa.

Em uma declaração para o New York Times ontem, Dr. Dre pediu desculpas para todas as mulheres que machucou.

“Vinte cinco anos atrás eu era um jovem rapaz bebendo demais e sem nenhuma estrutura real sobre minha cabeça. Apesar disso, nada é uma desculpa para o que eu fiz. Sou casado por 19 anos e todo dia eu estou trabalhando para ser um homem melhor para minha família em busca de orientação ao longo do caminho. Estou fazendo de tudo para nunca me assemelhar com aquele homem novamente. Quero me desculpar para todas as mulheres que eu machuquei. Eu me arrependo profundamente pelo o que eu fiz e se que isso impactou nossas vidas para sempre. Peço desculpas para as mulheres que machuquei. Lamento profundamente que eu tenha impacto nossas vidas dessa forma.”

A Apple, que ano passado comprou a empresa de Dr. Dre por uma quantia milhonária e tem o produtor como consultor, o apoiou em uma declaração.

“Dre se desculpou pelos seus erros do passado disse que não é a mesma pessoa de 25 anos atrás. Nós acreditamos na sua sinceridade e depois de trabalhar com ele por um ano e meio, temos a razão para acreditar que ele mudou.

2 Respostas para “Dr. Dre pede desculpas por abusos no passado, Apple demonstra apoio

  1. Fazendo paralelo com um fato não tão recente, até acho que o Dre esteja sendo sincero. Na posição dele -leia: “com sua grana e seu cargo de destaque na apple”- abafar a notícia da Dee Barnes talvez não fosse tão difícil, mesmo com a efervescência do discurso feminista atualmente. Mas não me entra na cabeça o lance do Snoop Dogg. Até agora eu não saquei direito qual a onda dele. Vi uma entrevista dele pra Vice Magazine, logo após o lançamento do Reincarnated, em que ele falava sobre algo que girava em torno redenção, arrependimento, abandono do signo Dogg, somado à conversão ao rastafarianismo e tal. Não deu dois dias e o maluco já tava usando esse papo espiritual pra vender produtos conceitualmente hippies a preços burgueses. :/

  2. Primeiramente hoje em dia com a amplitude do universo da informação qualquer pessoa pode falar o que quiser dependendo do valor da informação, o público que vai tornar esse informação sensacionalista, ou seja independente do cargo de Dr.Dre na Apple ele jamais ia conseguir abafar os relatos da Dee Barnes, sendo assim o pedido de desculpas do Dre não tem muito valor sendo que ele ignorou no filme Straight Outta Compton os casos de violência contra mulheres, fatos esse extremamente importantes para se discutir misoginia, o proprio direitor F. Gary Gray quando perguntado do episódio procurou sempre se esquivar das perguntas, a verdade é que a misoginia é um assunto recorrente no Rap que diga o retardado do Eminem, que só fala merda, mais apesar disso Dr. tem uma contribuição inquestionável pro rap que ficou eternizada!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s