Bring It Back: Dilated Peoples – Back Again

1356097991_dilatedpeoples

Não é de hoje que o Raplogia e o grupo Dilated Peoples tem uma relação forte. Em 2011, nosso primeiro entrevistado foi ninguém menos do que Evidence, que estava prestes a lançar o projeto Cats & Dogs. Três anos depois, em 2014, ocorreu de entrevistarmos outro membro do grupo, outro emcee, dessa vez, Rakaa Iriscience. A entrevista com EV confesso que foi uma surpresa, ainda mais naquele momento da carreira dele. Com Rakaa me surpreendeu a simpatia com o que lidou com a entrevista. Só nos falta DJ Babu, mas quem sabe algum dia?

Porém hoje iremos falar de uma famosa música do grupo, Back Again, parte integrante do disco 20/20, o terceiro do grupo, lançado em 2006. O disco com sons como You Can’t Hide, You Can’t Run e Rapid Transit, tem um single fortíssimo. Produzida pelo grande parceiro do DP, The Alchemist, a faixa nos traz rimas violentas e a sensação de estarmos voltando conforme as vozes no microfone repetem as linhas e pedem rewinds de DJ Babu. A premissa é apresentar a “nova volta” do Dilated ao cenário. O principal sample usado é The Spirit of Music, da banda Ethos.

Liricamente a faixa é extremamente consistente. O destaque fica por conta da tirada irônica de Evidence à uma linha escrita por Puff Daddy em 2001, na música Bad Boy 4 Life. Na época, o magnata da Bad Boy nos disse para não nos preocupar se ele escrevia suas rimas, pois ele escrevia cheques. Clara referência as acusações de ghostwriting em sua carreira de artista, algo que ele sempre abriu o jogo. EV não deixa barato, e como verdadeiro emcee, diz que “não se importe se eu escrevo cheques, eu escrevo rimas.” Dessa forma o talento é mais importante que grana.

O vídeo é incrível, e ouvir a música o assistindo é uma grande experiência. Gravado no terraço de um edifício, o vídeo mostra cenário referentes as rimas de Evidence e Rakaa. Com cameos de B-Real e Alchemist, o visual traz também a participação do ex-jogador de basquete, Lamar Odom. Curiosamente, Rakaa fala sobre títulos seguidos e festas no Staples Center quando o jogador aparece. Na época, Odom era recém chegado nos Lakers e ganharia dois títulos apenas em 2009 e 2010 com a equipe angelina. Ou seja, além de ser uma grande experiência, a faixa/vídeo previu o futuro.

Brincadeiras à parte, Back Again é uma faixa que merece ser lembrada. É o Bring It Back está aqui para isso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s