O Mesmo Beat #1: “Deep Cover” de Dr. Dre

Lançada no ano de 1992, “Deep Cover” foi um marco na história do rap por dois motivos: foi o primeiro single solo de Dr. Dre e o primeiro maior sucesso de Snoop Dogg. Ambos não tinham metade do reconhecimento que têm hoje e Dre não havia dado poucos passos na carreira depois de sair do N.W.A. Na faixa, o instrumental se destacou tanto quanto o flow original de Snoop — na época uma novidade na cena — e se tornou um clássico do gênero. Durante quase 25 anos ele foi mantido vivo por artistas consagrados. Essa matéria do Raplogia escolhe os principais freestyles e remixes que já foram feitos no beat produzido por Dr. Dre. Confira!


1 – “Twinz/Deep Cover” Big Pun ft. Fat Joe (1998)

Talvez a utilização mais famosa do instrumental que não é a música original. Em 1998, Big Punisher lançava Capital Punishment (1998), que hoje é considerado um clássico do final dos anos 90 e uma grande obra de arte para o rap latino-americano. A faixa 17 do álbum e tem participação de Fat Joe.

Fuck the police, I squeeze first, make em eat dirt
Take em feet first through the morgue, then lodge ‘em in the deep earth

The street’s cursed, the first amendment’s culturally biased
Supposed to supply us with rights, tonight I hold my rosary tight as I can

2 — “200 Bars And Runnin’” — The Game (2005)

Essa é a segunda faixa da mixtape You Know What It Is Vol. 2 (2005) e fez parte da beef entre o rapper de Compton The Game — na época integrante da G-Unit — e o rapper de Nova Jersey Joe Budden. Apesar de ser notada pela sua grande extensão (9 minutos!), ela não tomou grandes proporções e é considerada secundária para a história da briga, ao contrário das faixas “Buddens” e “Game Over”. Ainda assim, vale a pena ver o que The Game conseguiu arrumar com o instrumental clássico. O desentendimento entre os artistas acabou em 2008 quando eles anunciaram uma trégua em um show juntos.

Once you’re out of the throne, you can’t have it back
Retirement home and ain’t nothing after that
Except you layin’ in a casket, black suit on
You can’t go to heaven with Timberland boots on
No subliminals, I ain’t talkin to you Shawn
I’m talkin to that heartless mouse with no jewels on

3 — “Disgusting” Logic ft. C Dot Castro (2012)

O rapper de Maryland Logic é conhecido por sua série de mixtapes chamada Young Sinatra. No segundo trabalho da série, a Young Sinatra: Undeniable (2012), ele solta suas rimas em beats clássicos como os ouvidos em “The Notorious B.I.G.”, “Electric Relaxation” e claro, “Deep Cover”. É a sexta faixa do trabalho e conta com participação de C Dot Castro.

My flow convects, murder subjects with little respect
Best protect your neck, before you play my tape better inspect the deck
Fuck every other rapper forever ever forever since the dawn of time
Sike- I’m not that much of a dick when I rhyme

4 — “Deep Cover” — Crooked I (2007)

Durante 2007 e 2008, o rapper de Long Beach Crooked I realizou um projeto chamado Hip Hop Weekly Vol. 1, que consistia em soltar uma música nova semanalmente. A nona semana do projeto presenteou a cena com um freestyle do artista em cima do instrumental em questão.

I’ma killer creepin’ through the fog
When you in the park with your breezy joggin’
I don’t need be joggin’, I’m ions beyond
Every peon get peed on, and I’ma keep it bossin’

5 — “187 Yayo” — 50 Cent e Tony Yayo/G-Unit (2002)

Os artistas da G-Unit são conhecidos pelos seus remixes e freestyles em outros beats, tendo esses ganho reconhecimento até na grande mídia. “187 Yayo” é a oitava faixa de God’s Plan (2002), terceira mixtape do grupo. Ele marcou uma época em que a G-Unit crescia para ver seus melhores anos na cena, enquanto 50 Cent se preparava para lançar o clássico Get Rich Or Die Tryin’ (2003).

These rappers is talkin ‘bout bricks in they rhymes
You never did shit but some Mickey Mouse crimes

I don’t respect it, my work is never watered down
So on the first I get mo’ checks than Nike Town

6 — “Real Niggaz” Notorious B.I.G. (1995) (apenas 40 segundos)

Apesar dessa faixa não constar em nenhum álbum póstumo do rapper de Nova York Notorious B.I.G., acredita-se que ela foi um dos singles que por alguma razão caíram na internet logo após a morte de Biggie. Notorious solta versos em alguns dos beats mais famosos da West Coast – e “Deep Cover” é um deles. Apesar dele só aparecer por 40 segundos, vale a pena ouvir inteira.

Cause baby-mama screaming “Your daughter 12 months”
Can’t live life slinging rocks and smoking blunts
Hanging wit the niggas don’t pay the bills
And being broke at 30 give a nigga the chills


“O Mesmo Beat” é a nova categoria do Raplogia. Consiste principalmente em divulgar diferentes utilizações de beats de rap clássicos (ou não) ao redor do mundo. 

2 Respostas para “O Mesmo Beat #1: “Deep Cover” de Dr. Dre

  1. Sensacional. Vocês são fodas. Eu vi uma vez perdida um som do Nas sobre o beat de All Eyez On Me, do Pac, nunca mais achei, mas acho que outros MCs devem ter rimado sobre ela, é um som muito foda, talvez vcs possam dar uma olhada. Parabéns pelo trabalho.

    • Esse som do Nas é street Dreams, não foi usado o mesmo beat mas sim o mesmo sample, embora All Eyez on Me tenha saído primeiro.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s