O Mesmo Beat #3: “Shook Ones Pt. II”, de Mobb Deep

O terceiro texto da série O Mesmo Beat traz as reutilizações do instrumental de “Shook Ones Part II”, do grupo de rap americano Mobb Deep. A faixa foi produzida por Havoc, um dos integrantes, e foi lançada em 1995 como single do álbum The Infamous (1995), o mais aclamado da discografia do grupo. Ela vem atravessando o tempo e se firmou como uma referência entre os instrumentais produzidos  no gangsta rap da East Coast durante os anos 90. Reunimos os principais trabalhos dos artistas que se arriscaram a gravar suas palavras nesse beat clássico, que em fevereiro desse ano fez 21 anos de existência. Confira:


1 — BET Hip-Hop Awards Cypher — Top Dawg Entertainment (TDE) (2013)

Foi no cypher da BET de 2013 que Schoolboy Q, Jay Rock, Ab-Soul, Isaiah Rashad e Kendrick Lamar soltaram seus versos no instrumental. A ocasião ficou famosa devido a uma linha de Kendrick, acreditada ser uma ofensa direta ao rapper Drake, na época já configurando entre os principais nomes do mainstream. Lembramos também que a polêmica faixa “Control” havia acabado de ser soltada, o que acabou por aumentar o impacto dos versos.

“What I been doing? I’m about to crack the Da Vinci Code
Yeah, and nothing’s been the same since they dropped “Control”
And tucked a sensitive rapper back in his pajama clothes
Ha-ha, joke’s on you, high-five

I’m bulletproof, your shots’ll never penetrate
Pin a tail on a donkey, boy, you been a fake” Kendrick Lamar

2  — “Shook Ones Freestyle”  — Fabolous (2015)

Talvez a utilização mais recente do instrumental tenha sido em 2015, quando o rapper Fabolous lançou “Shook Ones Freestyle”, faixa que fez parte das chamadas #FridayNightFreestyles. A cada noite de sexta-feira o artista soltava uma reutilização de um beat conhecido na cultura do hip-hop. Você encontra o projeto inteiro aqui no site Genius.com.

You got to fuck with my realness
I’m sick with it like I’m stuck with a illness
It ain’t luck that I’m still rich
Just more reason for me to tuck and conceal this

3 — “Shook Ones Freestyle” — J. Cole (2009)

Poucos podem pegar esse instrumental no início da carreira e conseguir um bom desempenho. Estima-se que J. Cole tenha lançado essa faixa antes mesmo de sua mixtape The Warm Up (2009) ir para as ruas, o que nos revela um contexto onde seu nome tinha pouca força na cena de rap americana. Talvez justamente por isso valha a pena ouvir a track.

I close my eyes and I can still see light
I’m so live you motherfuckers gotta kill me twice
Man I promise I’m murdering classics, paying my homage
The fifteenth of the month and I’m just now paying Mohammed

4 — “The Biz” — B.o.B. (2010)

O rapper de Atlanta B.o.B. lançou em 2010 uma mixtape chamada May 25th (2010). Ela traz diversos freestyles em beats conhecidos, dentre eles “Shook Ones Part II”. Ele adapta a introdução da música original e canta versos com o característico sotaque sulista americano.

Crumble up the bud, put it in a spliff
Put it in the air like I’m levitating shit
They say, “Bob how you feel about the fame?”
Really ain’t famous till Obama know my name

Bônus

O beat também foi utilizado na batalha final do filme semi biográfico 8 Mile (2002). B-Rabbit (interpretado por Marshall Mathers) inclusive adapta uma parte do refrão original da música em seu improviso.

Uma resposta para “O Mesmo Beat #3: “Shook Ones Pt. II”, de Mobb Deep

  1. Sempre achei esse beat um dos mais fodas de NY. Krayzie Bone feat. The-Game mataram esse beat também

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s