5 clipes recentes que você deve prestar atenção

O rap nacional tem evoluído constantemente com clipes de alta qualidade, ou mesmo despretensiosos, mas que conseguem fazer o espectador se interessar ainda mais pela obra do artista. Seja pela qualidade do trabalho audiovisual ou pelo potencial que o rapper possui, você precisa ficar ligado nos trampos abaixo:

1 – A.X.L – Herança Verde Escuro

Também conhecido como Axel Alberigi, o rapper do Vale do Paraíba já havia lançado a faixa pelo RapBox, mas ela só ganhou um videoclipe no final de fevereiro. Além do trabalho com as câmeras ter ficado sensacional, a mensagem que a letra passa é uma importante reflexão sobre as mazelas de  nossa sociedade. A música foi gravada pelo DJ Willião na Matrero Records e masterizado por Rafael Gomes. A produção do clipe é de Bruno Cons, Guilherme Midões e do próprio A.X.L .

2 – TheGust MC’s  – Espírito Livre (Prod. DJ Caique)

O grupo de Brasília lançou esta faixa para o próximo trampo do DJ Caique, Coligações Expressivas 4, que reúne MCs de rap lusófono, tanto da velha quanto da nova escola. Bem dinâmico, o clipe chama atenção pela qualidade da imagem e pelas mudanças no tom das cores do bosque, que deram um charme a mais.

3 – Juyé – Alma (Gave you my love) (Prod. BluntedBeatz)

Talvez o clipe mais simples da lista, porém não menos impactante. Com o vídeo praticamente todo em plano americano/plano médio, Juyé não sai de destaque e cativa o espectador com sua voz melódica. A rapper é um jovem talento da Bendita Gravadora, que também trabalha com o MC Sid.

4 – niLL – Camurça

Se o objetivo do clipe era trazer uma vibe melancólica, niLL acertou em cheio. E grande parte dos méritos vai para o roteiro de Davi Rezaque. As imagens aéreas de Michael Alves também deram um toque especial para o vídeo. Gravada por Raphael ÉrreA no D’sgueio Estúdio, a faixa  é um alívio para quem está cansado de ouvir letras parecidas no rap nacional.

5 – Flávio Renegado – Luxo Só

Para encerrar nossa lista, o mineiro Flávio Renegado veio com uma participação sensualíssima das meninas do coletivo Batekoo. O tratamento de cores de Rafael Koba, o figurino de Carol Coca e a maquiagem de Camila Anacleto reforçaram ainda mais o clima de erotismo. A faixa foi gravada pela Som Livre, uma das gigantes do mercado fonográfico.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s