Review: Kodak Black – Painting Pictures

PaintingPicturesKodakBlack

Painting Pictures” é o primeiro álbum de estúdio do rapper Kodak Black com a Atlantic Records. O projeto é extenso mas não é cansativo de ouvir. Mesmo pessoas que não curtem muito o Kodak podem escutar tranquilamente e curtir grande parte das músicas.

A primeira track e a melhor do projeto é “Day For Day”, uma ótima escolha de abertura. O som é uma reflexão sobre o tempo que o rapper passou na prisão, seus amigos que ainda estão presos e a pressão que ele sofre por saber que representa outras pessoas. É uma faixa bastante pessoal, com um instrumental suave, que foge um pouco da figura do Kodak caricato que nos acostumamos dos projetos anteriores.

Em “Tunnel Vision”, o principal hit do trabalho, o rapper da Flórida também reflete sobre sua passagem pelo sistema carcerário e várias escolhas que fez em sua vida. A faixa foi produzida por Metro Boomin’, Southside e CuBeatz e sampleia um som de flauta andina, assim como o som “Mask Off” do Future (também produzido por Metro Boomin’). Vale a pena conferir o clipe:

O trampo ainda tem participações de grandes nomes como a lenda Bun B (ex-UGK), que rouba a cena no som “Candy Paint” e Future que também fez uma boa contribuição em “Conscience”.

Save You” (produzida pelo canadense NAV) e “Side Nigga” são duas love songs típicas do Kodak, simples mas viciantes, que estão entre os destaques desse CD. “Why They Call You Kodak” também é um bom som, nele o rapper explica o “porquê” de seu nome ser Kodak Black no refrão – a ideia surgiu em uma entrevista do rapper ao Breakfast Club, que foi usada como sample.

O ponto fraco do trabalho talvez seja a quantidade de faixas, 18 é um número muito alto para um álbum. Algumas tracks que não fariam falta nesse trampo: “Twenty-8”, que tem um refrão horrível, “Top Off Benz”, um dos piores feats. do Young Thug (apesar da parte do Kodak ter sido decente) e “Feeling Like”, que tem um beat legal e um bom verso do Jeezy mas o Kodak meio que estraga a própria música.

A produção do álbum é um destaque positivo. Ben Billions (que já trabalhou com The Weeknd e Beyoncé) foi um dos principais produtores, ele assina a produção/ coprodução de grande parte do disco, o que contribuiu muito para a coesão e a identidade de projeto.

Os temas e as letras do Kodak continuam os mesmos, apesar de o rapper tentar falar um pouco mais de sua experiência pessoal recente. Não é um trampo que você vai ouvir pra refletir, mas pra curtir de vez em quando.  Ele não se leva muito a sério e essa é a graça do seu som, como se pode conferir em algumas linhas de “Reminiscing” com A Boogie Wit Da Hoodie e em “Up In Here”.

Painting Pictures” é bem consistente e um bom primeiro passo para uma carreira que pode se tornar maior se o rapper de 19 anos parar de fazer tanta merda e focar na música. Nesta quinta-feira (04) ele foi condenado a 1 ano de prisão por violar os termos de sua condicional, mas pode sair em 30 dias se completar determinado curso na cadeia.

Curiosidade: O rapper gravou o seu álbum enquanto estava em prisão condicional (ele pagou fiança para ser libertado em agosto do ano passado), como relatado nessa matéria da XXL.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s